top of page

Orelha em Abano

 

A Orelha em Abano é uma alteração congênita do pavilhão auricular, que consiste em alteração na forma e nas relações anatômicas da orelha. Representa a deformidade mais frequente na região da cabeça e do pescoço. 

 

Apesar de não causar alteração funcional, a deformidade da orelha pode acarretar, principalmente na infância, importantes distúrbios psicossociais como dificuldade de interação social, baixa auto-estima e autoconfiança.

 

Otoplastia é o nome da cirurgia para tratamento da orelha em abano e está indicada a partir dos 5 anos de idade. 

 

O tipo de anestesia vai depender da idade do paciente. Geralmente, a anestesia geral está indicada para as crianças e a anestesia local para adolescentes e adultos.  A internação  hospitalar dura um dia.  

 

No pós-operatório, as orelhas ficam edemaciadas (inchadas) e sensíveis. O paciente usa bandagem na cabeça por sete dias após a cirurgia e os pontos são retirados entre sete a dez dias. O paciente utiliza faixa na cabeça cobrindo as orelhas operadas durante 1 mês.

 

A cicatriz fica praticamente imperceptível, escondida no sulco atrás da orelha. E o resultado é gratificante tanto para o médico quanto para o paciente.

bottom of page